Avançar para o conteúdo principal

fomos ao Porto de comboio!



Olá mamãs e papás!

Os vossos pequenos já viajaram de comboio? A Clarinha ainda não tinha experimentado por isso no final das nossas férias lá fomos nós. Uma viagem curta até ao Porto, mas super excitante!!!

Chegamos à Estação de São Bento, construída no início do séc. XX com um átrio maravilhoso, revestido com vinte mil azulejos historiados, do pintor Jorge Colaço, que ilustram a evolução dos transportes e cenas da história e vida portuguesas.

Subimos a Rua de Sá da Bandeira, Rua de Passos Manuel e depois percorremos a Rua de Santa Catarina, espreitamos as montras, passamos pelo famoso Majestic Café e até pedimos um desejo na Fábrica de Sonhos do Via Santa Catarina. A fachada do Centro Comercial preenchidas por tubos cor-de-rosa origina a Fábrica de Sonhos. "Pede um desejo e entra. O teu desejo será fabricado." Uma ideia original que deixou a rua mais colorida e divertida.


Depois descemos até ao Mercado do Bolhão, o nosso emblemático mercado! Remonta a 1850, sendo classificado a imóvel de interesse público em 2006. Todos nós sabemos que quem visita a Cidade do Porto não pode deixar de lá passar!


Sentimos o perfume da flores, das especiarias, do peixe fresco, das frutas. Uma mistura extraordinário, juntando-se ainda o cheirinho de comida portuguesa dos restaurantes tradicionais que se encontram dentro do mercado.




Chegou a hora do almoço e fomos até à Ribeira, mais um local cheio de turistas, mas é normal o Porto é Lindo!
Não tiramos muitas fotos, estivemos ocupados a comer!!! eheheh
Como a Clarinha já é grandinha fomos a pé, sem carrinhos, às vezes pedia colo, mas subiu quase todo o caminho pelo próprio, quando chegou a hora de ir embora.


Fomos encontrando umas coisas giras pelo caminho e a Clarinha lá tirou mais umas fotos, ela não é grande fã de flashes!

 



E lá chegou a hora de voltarmos, no comboio a Clarinha esteve sempre  animada, tirou fotos [adora fotografar], esteve atenta a paisagem, mal entramos no carro para voltarmos para casa o sono bateu a porta e só acordou para jantar!!!


Já passou algum tempo, mas agora no Inverno vamos voltar a fazer este programa, com um percurso diferente, mas não podemos deixar de ir, nesta altura do ano a baixa da cidade do Porto está Lindaaa!

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha



Comentários

mensagens mais lidas

O Crescimento e o Percentil

Olá mamãs e papás!
Nós papás já ouvimos falar variadíssimas vezes sobre o Percentil (P) do nosso filho, mas será que entendemos o seu significado? No boletim de saúde infantil e juvenil encontrámos uns gráficos de cor azul ou rosa dependendo do género do nosso bebé, estes chamam-se curvas de crescimento infantil e são um indicador importante para acompanhar a evolução do peso e do comprimento do nosso bebé.
Durante os primeiros 12 meses de vida o bebé, em média, triplica o seu peso e o seu comprimento aumenta para o dobro, relativamente ao seu nascimento.
Desde 2013 que Portugal adoptou as recentes curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais próximas da realidade da nossa população.
No boletim de saúde infantil e juvenil, na página 8, temos o gráfico abaixo. No eixo/linha horizontal temos a idade em meses e anos e no eixo/linha vertical temos o peso em quilogramas. As linhas curvas indicam o P, no final de cada uma há um número que o enumera, de baixo para cima,…

estou a provar novos alimentos! #o meu primeiro iogurte

Olá papás! Este post é para os bebés mais pequeninos que estão a provar novos alimentos ou vão começar em breve!
O ano passado falei-vos do iogurte de eleição para a Clarinha, aqui, hoje venho marcar mais uma vez essa opinião, se quiserem introduzir o iogurte mais cedo do que os 9 meses, o iogurte ideal é este:

Agora com nova cara, mas o mesmo equilíbrio nutricional, "o teu primeiro pingo doce" é um iogurte que pode ser introduzido a partir dos 6 meses porque a sua base é leite de transição (leite adaptado às necessidade do bebé) e não tem açúcares adicionados, ponto muito importante para os bebés!
Experimentem!
Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

a papa perfeita parte III

Olá papás!

Mais um post sobre papas... em novembro iniciei a busca pela papa perfeita... passei pelas comerciais, aqui, e depois as caseiras, aqui... e hoje vou falar-vos das papasbiológicas... para mim uma papa 5 estrelas!
Vou falar-vos de duas marcas distintas e onde podem encontrá-las, a primeira é a Holle, a papa que desde que conheço uso de várias formas e feitios nos lanches da Clarinha. No seu leque de produtos tem papas lácteas e não lácteas.

As papas não láctea sem glúten, a partir dos 4 meses: flocos de arroz, milho-miúdo, milho-miúdo, 3 cereais, milho e tapioca, puré de abóbora.



E as papas não láctea com glúten, depois dos 6 meses: espelta, semolina (trigo), flocos de aveia, muesli (recomendo após os 12 meses, porque contém polpa de framboesa, potencial alergénico).
Eu preparo-as com leite materno morno ou até com água (70 mL) e depois misturo um iogurte natural ou fruta cozida ou ralada.

A papa láctea sem glúten, a partir dos 4 meses: sorgo. E as papas lácteas com glúten, …