Avançar para o conteúdo principal

uma casa portuguesa com certeza!

Olá mamãs e papás!

hoje no seguimento do nosso mais recente passatempo venho apresentar-vos mais um bebé! 

aportuguesehouse.eu é um projeto bem à moda portuguesa, duas mães e nutricionistas empreendedoras que se juntam para criar um negócio que também é um meio de levar a nossa cultura além-fronteiras... 


"Numa casa portuguesa serve-se saúde e tradição à mesa!

A Dieta Mediterrânica é um padrão alimentar com tradição milenar, recentemente classificado pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade, sobretudo valorizado por estar associado a um aumento da esperança média de vida, à prevenção da Diabetes tipo 2, à redução do risco de doença cardiovascular e inflamação interna, entre outros.

Este património partilhado agora por sete países, nos quais se inclui Portugal, tem por base a ingestão de produtos hortícolas, fruta, pão de qualidade e cereais pouco refinados, leguminosas, frutos secos e oleaginosas (como nozes, amêndoas ou castanhas), peixe e carnes brancas em detrimento de carnes vermelhas, usando o azeite como principal fonte de gordura. É ainda frequente o uso de ervas aromáticas, reduzindo assim a adição de sal na confeção dos alimentos, bem como o consumo moderado de vinho tinto à refeição. Tudo isto acontece à volta da mesa, onde se juntam família e amigos, e se transmitem saberes de geração em geração.

Enquanto Nutricionistas, licenciadas pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, e portuguesas apaixonadas pela nossa gastronomia, pretendemos divulgar Portugal além-fronteiras. Assim, integramos a missão de promover a tradição de um país que, embora não seja banhado pelo Mar Mediterrâneo, tem nas suas raízes uma alimentação e costumes com estas características.

Venha conhecer, através dos nossos produtos, Portugal como país do sol e do mar, do pão e do vinho, de monumentos e história, do Fado e da Saudade… 

Uma casa portuguesa com certeza!

Cláudia Ferreira e Mariana Batista"

p.s. não se esqueçam de participar no passatempo!!! acedam aqui

beijinhos da Cláudia e da Clarinha

Comentários

mensagens mais lidas

O Crescimento e o Percentil

Olá mamãs e papás!
Nós papás já ouvimos falar variadíssimas vezes sobre o Percentil (P) do nosso filho, mas será que entendemos o seu significado? No boletim de saúde infantil e juvenil encontrámos uns gráficos de cor azul ou rosa dependendo do género do nosso bebé, estes chamam-se curvas de crescimento infantil e são um indicador importante para acompanhar a evolução do peso e do comprimento do nosso bebé.
Durante os primeiros 12 meses de vida o bebé, em média, triplica o seu peso e o seu comprimento aumenta para o dobro, relativamente ao seu nascimento.
Desde 2013 que Portugal adoptou as recentes curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais próximas da realidade da nossa população.
No boletim de saúde infantil e juvenil, na página 8, temos o gráfico abaixo. No eixo/linha horizontal temos a idade em meses e anos e no eixo/linha vertical temos o peso em quilogramas. As linhas curvas indicam o P, no final de cada uma há um número que o enumera, de baixo para cima,…

estou a provar novos alimentos! #o meu primeiro iogurte

Olá papás! Este post é para os bebés mais pequeninos que estão a provar novos alimentos ou vão começar em breve!
O ano passado falei-vos do iogurte de eleição para a Clarinha, aqui, hoje venho marcar mais uma vez essa opinião, se quiserem introduzir o iogurte mais cedo do que os 9 meses, o iogurte ideal é este:

Agora com nova cara, mas o mesmo equilíbrio nutricional, "o teu primeiro pingo doce" é um iogurte que pode ser introduzido a partir dos 6 meses porque a sua base é leite de transição (leite adaptado às necessidade do bebé) e não tem açúcares adicionados, ponto muito importante para os bebés!
Experimentem!
Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

a papa perfeita parte III

Olá papás!

Mais um post sobre papas... em novembro iniciei a busca pela papa perfeita... passei pelas comerciais, aqui, e depois as caseiras, aqui... e hoje vou falar-vos das papasbiológicas... para mim uma papa 5 estrelas!
Vou falar-vos de duas marcas distintas e onde podem encontrá-las, a primeira é a Holle, a papa que desde que conheço uso de várias formas e feitios nos lanches da Clarinha. No seu leque de produtos tem papas lácteas e não lácteas.

As papas não láctea sem glúten, a partir dos 4 meses: flocos de arroz, milho-miúdo, milho-miúdo, 3 cereais, milho e tapioca, puré de abóbora.



E as papas não láctea com glúten, depois dos 6 meses: espelta, semolina (trigo), flocos de aveia, muesli (recomendo após os 12 meses, porque contém polpa de framboesa, potencial alergénico).
Eu preparo-as com leite materno morno ou até com água (70 mL) e depois misturo um iogurte natural ou fruta cozida ou ralada.

A papa láctea sem glúten, a partir dos 4 meses: sorgo. E as papas lácteas com glúten, …