Avançar para o conteúdo principal

a nossa despensa #gelatina 1

Olá mamãs e papás!

Já devem ter notado que tenho estado ausente, mas sempre que tiver um tempinho venho aqui dar uma palavrinha com vocês...

Gelatina! 

Será saudável? É um doce? Posso introduzir a partir de que idade?

Primeiro, a gelatina pode ser saudável, fazendo a escolha acertada. Será sempre um doce, por isso não é para comer todos os dias. Devem ser consumidas como sobremesa ou num lanche acompanhada por fruta ou outro tipo de alimento. Pode ser introduzidas a partir do momento em que o bebé começa a ser inserido na alimentação familiar, ou seja, a partir dos 12 meses.

Há muito para falar sobre a gelatina, primeiro temos a de origem animal e a de origem vegetal. A primeira é a mais consumida, a qual encontramos facilmente em qualquer supermercado, é extraída de ossos, pele, cartilagens e tendões de animais, como vaca ou porco. A segunda, a gelatina de ágar-ágar, é extraída das algas vermelhas e rica em fibras solúveis.

A segunda é a opção mais saudável, mas no supermercado não encontramos com tanta frequência e com tão grande variedade de sabores como a de origem animal. 

Cá em casa não nos faz confusão a gelatina de origem animal, por isso na nossa despensa temos...

Factos:
*Sabores: framboesa, amora, frutos vermelhos, ananás e morango
*Origem: animal
*Sem adição de açúcar
*Adoçante: stevia

E vocês o que têm na vossa despensa?

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha


Comentários

  1. Hhmmm sinceramente nem sei... mas muito provavelmente as que consumimos cá em casa são de origem animal... como sei qual a origem ? É referenciado na embalagem.
    É fácil de encontrar as de origem vegetal?

    ResponderEliminar
  2. Olá! Sim na embalagem refere quando é de origem vegetal, se não referir é de origem animal. Pelo menos uma marca encontra nos supermercados: Condi, Alsa, Cem Porcento ;)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

mensagens mais lidas

O Crescimento e o Percentil

Olá mamãs e papás!
Nós papás já ouvimos falar variadíssimas vezes sobre o Percentil (P) do nosso filho, mas será que entendemos o seu significado? No boletim de saúde infantil e juvenil encontrámos uns gráficos de cor azul ou rosa dependendo do género do nosso bebé, estes chamam-se curvas de crescimento infantil e são um indicador importante para acompanhar a evolução do peso e do comprimento do nosso bebé.
Durante os primeiros 12 meses de vida o bebé, em média, triplica o seu peso e o seu comprimento aumenta para o dobro, relativamente ao seu nascimento.
Desde 2013 que Portugal adoptou as recentes curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais próximas da realidade da nossa população.
No boletim de saúde infantil e juvenil, na página 8, temos o gráfico abaixo. No eixo/linha horizontal temos a idade em meses e anos e no eixo/linha vertical temos o peso em quilogramas. As linhas curvas indicam o P, no final de cada uma há um número que o enumera, de baixo para cima,…

o dia do pai chegou mais cedo #matchymatchy

Olá mamãs e papás!

A Clarinha é a cara chapada do pai mas com a personalidade da mãe. Pelo menos é que me dizem!!! eheheh Não sou muito boa a avaliar parecenças mas vou concordar... mas só um pouquinho (como diz a Clarinha!).
E como são tão parecidos nada como um matchy matchy! Mamãs, quem não gosta de um matchy matchy com os filhotes? Eu adoro e aposto que muitas mães por aí também... mas os papás também merecem... mesmo os papás de meninas...
O papá da Clarinha recentemente fez anos e como prenda decidimos dar algo especial para pai e filha, a menina dos seus olhos... 
Orgulho total!!! Não só por combinar com a Clarinha no dia-a-dia mas também porque transmite a verdade que eu não quero admitir (eheheh). A Clarinha é tal e qual o pai mas em versão remix!!!
Tudo começou pelas sapatilhas... pesquisei e decidi que as All Star da Converse seriam as mais fáceis de encontrar em ambos os tamanhos e iguais, claro... depois foi uma tshirt preta, a do papá foi fácil de encontrar nos básicos …

Fomos despedir-nos do verão com as amigas #Piquenique saudável

Olá mamãs e papás!
No calendário o verão já foi embora, mas parece que afinal ele quer ficar mais um tempinho... e nós aproveitamos, claro!!!
Fomos fazer um piquenique com as amigas depois da escola. Simples e só precisamos de um parque, de preferência com sombra, e uma cesta de piquenique recheada e saudável!
Nestes dias quentes não podiam faltar as bebidas bem frescas como a água, essencial... e um sumo de laranja natural para adoçar um bocadinho...
Depois veio o que interessa... o lanche! Para quem adora comer (eu!) o lanche nunca falta e para este piquenique tivemos coisas boas e fáceis de fazer, um iogurte com granola... cada uma com o seu frasquinho devidamente identificado ;) tão simples como um pouco de compota, iogurte natural e granola.
A fruta também não faltou, uvas, que a Clarinha adora (mas só as verdes, eheheh) e peras que as pequenas lá foram comendo mas as mães deram uma ajudinha...
Ainda houve espaço para um miminho... donuts caseiros com cobertura de chocolate! A r…