Avançar para o conteúdo principal

Diário da Clarinha #as fraldas

Olá mamãs e papás!

Hoje venho vos contar um pouco das nossas aventuras na altura de tirar as fraldas... existem tantos métodos, tantos conselhos, tantas comparações no que diz respeito ao momento certo para tirar as fraldas!!! Pois não consegui aplicar quase nada... tal como no desmame a Clarinha foi "dona e senhora" e foi ela que decidiu tudo...


Como sabem a Clarinha fez 2 anos em abril, e como se diz é a partir dessa idade que as fraldas devem começar a ir embora... nós esperamos por maio, um tempo mais quente, mas não resultou, a Clarinha não estava receptiva, embora já não quisesse usar fralda, também não achou piada ao penico...

O penico: outra aventura, não queriamos gastar muito dinheiro numa coisa temporária e que nem sabiamos se a Clarinha ia usar, por isso eu e a Clarinha fomos em busca do penico ideal, como a minha pequenina é bastante alta para a idade, percebemos logo que os penicos normais não iam resultar por serem tão baixos... o mais pratico que encontramos foi um cadeira/penico, fácil de encontrar nas lojas do 1,5€, as antigas lojas dos trezentos, ou nas "lojas dos chineses". 

O penico encostou e depois no meses de junho e julho, voltamos a tentar, sem grande sucesso, muito xixi espalhado pela casa, sofá, tapetes, muitas cuecas para lavar, mas a Clarinha não estava preparada. 

Esta a parte mais importante a criança estar preparada, nós podemos queres muito mas se os pequenos ainda não sentem a "vontade de fazer xixi" o sucesso não é fácil, mas claro que devemos tentar, até porque vão adquirindo conhecimentos sobre o assunto...

Depois veio a tentativa com o redutor de sanita, mais uma vez um daqueles bem básico, que se encontra nas mesmas lojas... a Clarinha já ficou mais interessada e até nas férias o redutor foi na mala... lá fomos tentando e quando chegamos a casa foram 4 dias dedicados a deixar as fraldas, pois funcionou... na creche raramente tem um acidente, em casa são mais frequentes mas nada que não se resolva... 

O redutor foi a solução! 

Mas nas nossas buscas descobrimos outro acessório também muito útil para viagens, restaurantes, casas de amigos... o redutor/penico


muito prático e higienico, o nosso comprámos na Prénatal ;)

As nossas próximas etapas a atingir são o cocó na sanita, pois é a Clarinha ainda não pede e normalmente faz na fralda durante o sono ou na banheira, também já aconteceu ihihih... última etapa é tirar as fraldas durante o sono, mas também está quase é uma questão de rotina e de tempo, se fizer xixi mesmo antes de adormecer já não faz durante a noite toda... bom não é?! 

E aí em casa, foi fácil? 

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

Comentários

mensagens mais lidas

O Crescimento e o Percentil

Olá mamãs e papás!
Nós papás já ouvimos falar variadíssimas vezes sobre o Percentil (P) do nosso filho, mas será que entendemos o seu significado? No boletim de saúde infantil e juvenil encontrámos uns gráficos de cor azul ou rosa dependendo do género do nosso bebé, estes chamam-se curvas de crescimento infantil e são um indicador importante para acompanhar a evolução do peso e do comprimento do nosso bebé.
Durante os primeiros 12 meses de vida o bebé, em média, triplica o seu peso e o seu comprimento aumenta para o dobro, relativamente ao seu nascimento.
Desde 2013 que Portugal adoptou as recentes curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais próximas da realidade da nossa população.
No boletim de saúde infantil e juvenil, na página 8, temos o gráfico abaixo. No eixo/linha horizontal temos a idade em meses e anos e no eixo/linha vertical temos o peso em quilogramas. As linhas curvas indicam o P, no final de cada uma há um número que o enumera, de baixo para cima,…

a papa perfeita parte III

Olá papás!

Mais um post sobre papas... em novembro iniciei a busca pela papa perfeita... passei pelas comerciais, aqui, e depois as caseiras, aqui... e hoje vou falar-vos das papasbiológicas... para mim uma papa 5 estrelas!
Vou falar-vos de duas marcas distintas e onde podem encontrá-las, a primeira é a Holle, a papa que desde que conheço uso de várias formas e feitios nos lanches da Clarinha. No seu leque de produtos tem papas lácteas e não lácteas.

As papas não láctea sem glúten, a partir dos 4 meses: flocos de arroz, milho-miúdo, milho-miúdo, 3 cereais, milho e tapioca, puré de abóbora.



E as papas não láctea com glúten, depois dos 6 meses: espelta, semolina (trigo), flocos de aveia, muesli (recomendo após os 12 meses, porque contém polpa de framboesa, potencial alergénico).
Eu preparo-as com leite materno morno ou até com água (70 mL) e depois misturo um iogurte natural ou fruta cozida ou ralada.

A papa láctea sem glúten, a partir dos 4 meses: sorgo. E as papas lácteas com glúten, …

estou a provar novos alimentos! #o meu primeiro iogurte

Olá papás! Este post é para os bebés mais pequeninos que estão a provar novos alimentos ou vão começar em breve!
O ano passado falei-vos do iogurte de eleição para a Clarinha, aqui, hoje venho marcar mais uma vez essa opinião, se quiserem introduzir o iogurte mais cedo do que os 9 meses, o iogurte ideal é este:

Agora com nova cara, mas o mesmo equilíbrio nutricional, "o teu primeiro pingo doce" é um iogurte que pode ser introduzido a partir dos 6 meses porque a sua base é leite de transição (leite adaptado às necessidade do bebé) e não tem açúcares adicionados, ponto muito importante para os bebés!
Experimentem!
Beijinhos da Cláudia e da Clarinha