Avançar para o conteúdo principal

o leite de vaca: sim ou não?

O leite é a base da alimentação desde o nascimento por ser tão importante para o seu crescimento dos nossos bebés, devido à sua composição em proteínas, cálcio, gordura e vitaminas. 

Quando não é possível a amamentação, o leite artificial é o passo a seguir, e não o leite de vaca, porquê?


Bem, as proteínas presentes no leite de vaca são diferentes das do leite materno, por as primeiras serem maiores e o sistema digestivo dos bebés não estar preparado para as digerir, podem ocorrer alergias à proteína do leite de vaca. Daí que a segunda escolha seja o leite artificial no qual as proteínas do leite de vaca são desdobradas e quebradas em pedaços mais pequenos para reduzir o potencial alergénico, por terem melhor digestibilidade.

O leite de vaca nunca deve ser introduzido, antes dos 12 meses de idade, e se possível, só depois dos três anos. Se usar leite de vaca, entre os 12 e os 24 meses, este deverá ser gordo. A partir dos dois anos, poderá ser meio gordo. 

A OMS (WHO) recomenda o aleitamento exclusivo até aos 6 meses de idade e que este continue até aos 24 meses de idade, quando possível. Depois com a ajuda de profissionais de saúde escolher o melhor "segundo" leite... (este tema virá noutro post)!

Outra questão, são os equivalentes do leite em termos nutricionais. O leite pode ser substituído por iogurte ou queijo, existem outros alimentos fontes de cálcio, mas este mineral é melhor absorvido através dos laticínios. E sem estes alimentos será muito difícil ter uma boa saúde óssea. Eu não sou contra as bebidas de soja e afins, mas afirmo que esses não são laticínios!

Uma chamada de atenção: os queijos frescos aromatizados, sobremesas lácteas, gelados e natas só devem ser introduzidos após os 24 meses de idade e em ocasiões festivas!

Termino usando uma fase de um livro de dois excelentes nutricionistas: 
"Nunca é bom virar as costas a quem nos ajudou a crescer!"

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha


Comentários

  1. E os iogurtes naturais? Deverão ser os especiais para bebé? Desde que idade. Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      A partir dos 6 meses deve optar pelos iogurtes naturais de leite de transição por exemplo "o teu primeiro pingo doce" depois dos 9 meses já pode introduzir os iogurtes naturais não açucarados normais, os de leite de vaca. 😊🍉

      Eliminar

Enviar um comentário

mensagens mais lidas

Um presente de Natal #O Pai-Natal chegou mais cedo

Olá papás! Hoje recordamos mais uma receita do blog. A fruta mais uma vez presente, como já tinha dito vamos enriquecer a nossa mesa com sobremesas saudáveis.
Não é nada difícil!
Pai-Natal de Morango
(a partir dos 9 meses)

p.s. para o creme basta adicionar o iogurte ao queijo aos poucos até conseguir uma consistência de chantili ;)
Beijinhos da Cláudia e da Clarinha 

O Crescimento e o Percentil

Olá mamãs e papás!
Nós papás já ouvimos falar variadíssimas vezes sobre o Percentil (P) do nosso filho, mas será que entendemos o seu significado? No boletim de saúde infantil e juvenil encontrámos uns gráficos de cor azul ou rosa dependendo do género do nosso bebé, estes chamam-se curvas de crescimento infantil e são um indicador importante para acompanhar a evolução do peso e do comprimento do nosso bebé.
Durante os primeiros 12 meses de vida o bebé, em média, triplica o seu peso e o seu comprimento aumenta para o dobro, relativamente ao seu nascimento.
Desde 2013 que Portugal adoptou as recentes curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais próximas da realidade da nossa população.
No boletim de saúde infantil e juvenil, na página 8, temos o gráfico abaixo. No eixo/linha horizontal temos a idade em meses e anos e no eixo/linha vertical temos o peso em quilogramas. As linhas curvas indicam o P, no final de cada uma há um número que o enumera, de baixo para cima,…

Um presente de Natal #Maçã Surpresa

Olá mamãs e papás!
Esta semana que antecipa o Natal que achas de umas receitas para esta época? Vou postar receitas novas e relembrar algumas antigas, todas deliciosas ;)
Hoje, a segunda receita, é uma maçã com surpresa! As sobremesas de Natal não precisam de ser todas fritas, ricas em ovos e em açúcar... que tal antes de atacar as sobremesas tradicionais delicionar o nosso palato com fruta?

Maçãs Recheadas(a partir dos 18 meses)Ingredientes *4 maças *1 c. sopa de mel *Água q.b. *Pau de canela e anis *2 c. sopa de amêndoas laminadas *1 c. sopa de rascas de coco desidratado *1 punhado de miolo de nozes
Preparação *Pré-aqueça o forno a 200ºC e lave as maçãs e retire o caroço. Num tabuleiro coloque as maças e um pouco de água no fundo. Deite o fio de mel por cima das maçãs e coloque no centro um pau de canela e anis, leve ao forno por 30 min. *Misture as amêndoas, o coco e as nozes no taça, depois de prontas, reduza uma maça a puré e envolva com a mistura anterior. *Recheie cada maçã com…