26 de outubro de 2015

toxo... quê? - toxoplasmose :)

Futuras mamãs! 

Acabaram de descobrir que estão grávidas? Já sabem se são imunes à toxoplasmose? Sabem o que isso é? :) Há tantas questões... vamos ver se dou uma ajudinha!

A toxoplasmose é uma doença que se transmitem através dos alimentos mal lavados e mal cozinhados, entre outras formas de contaminação. Fale com o seu médico para saber se é, ou não, imune à toxoplasmose e outras doenças que podem implicar riscos para o bebé.


Eu não fui imune à toxoplasmose durante a minha gravidez, correu tudo bem, e como não tenho gatos em casa, os meus cuidados passaram por fazer principalmente duas alterações: deixei de comer legumes crus/saladas fora de casa e também carne mal passada... 

...mas agora tome nota aos cuidados a ter quando não é imune à toxoplasmose:
  • Cozinhar bem a carne e lavar cuidadosamente as mãos depois de preparar; 
  • Não comer carnes fumadas (sugestão: fiambre de frango/peru no forno pode comer); 
  • Lavar muito bem os legumes e as frutas antes de comer (sugestão: usar uma solução desinfectante); 
  • Retirar todos os resíduos de terra dos legumes (sugestão: descascar as cenouras e cortar o topo para remover os vestígios de terra); 
  • Guardar os alimentos crus separados dos alimentos cozidos para evitar a contaminação cruzada; 
  • Usar tábuas e facas diferentes para a carne crua e, depois, lavá-las com água e detergente; 
  • Ter cuidado ao descongelar os alimentos. Não descongelar à temperatura ambiente, sempre no frigorífico ou no micro-ondas (vire-os várias vezes para que descongelem totalmente); 

  • Se tiver gatos em casa, leve-os sempre ao veterinário para limpeza geral; 
  • Lavar bem as mãos depois de ter tocado na caixa de areia do gato; 
  • Evitar contato com gatos abandonados; 
  • Evitar contato com as fezes dos gatos e se tiver que limpá-las, usar luvas. No final de tudo, lavar bem as mãos e as luvas; 
  • Se mexer em terra, usar luvas para se proteger da terra contaminada.

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha


Sem comentários:

Enviar um comentário