Avançar para o conteúdo principal

Agora já podes?... humm... acho que não! #sal

o sal e alimentos salgados


sal, enchidos e fumados, aperitivos (snacks), conservas e enlatados...

antes de iniciar a diversificação alimentar vamos a uma consulta com o profissional de saúde que acompanha o nosso bebé para recebermos indicações de como começar...
o doutor explica tudo e depois coloca uma chamada de atenção: "não adicionar sal, açúcar e mel!"...

-os papás que gostam da comidinha bem temperada, ou seja, salgadinha, não vão achar muita piada mas há uma boa razão para obedecermos!

sabiam que a nossa população consome o dobro da quantidade de sal recomendada diariamente?!!! Ohhhh! e que o consumo excessivo de sal é um fator importante de hipertensão e por conseguinte de doenças cardiovasculares!
É urgente diminuir o seu consumo! 

Ao contrário do doce, o sabor salgado não está aprendido pelos bebés. Só provando alimentos salgados é que os bebés começam a reconhecer esse sabor. Assim, o sal e os produtos salgados devem ser evitados... mesmo depois dos 12 meses! E a alimentação da família deve ser adaptada à forma saudável de alimentar o bebé.

Agora é o momento de tornar a alimentação da família 5 estrelas!

Substituindo ou diminuído o sal que adicionamos à comida por ervas aromáticas e especiarias... os seus sabores característicos permitem saborear os alimentos tão intensamente... que até ficam melhores sem o sal!

Experimentem!

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

Comentários

mensagens mais lidas

Um presente de Natal #Maçã Surpresa

Olá mamãs e papás!
Esta semana que antecipa o Natal que achas de umas receitas para esta época? Vou postar receitas novas e relembrar algumas antigas, todas deliciosas ;)
Hoje, a segunda receita, é uma maçã com surpresa! As sobremesas de Natal não precisam de ser todas fritas, ricas em ovos e em açúcar... que tal antes de atacar as sobremesas tradicionais delicionar o nosso palato com fruta?

Maçãs Recheadas(a partir dos 18 meses)Ingredientes *4 maças *1 c. sopa de mel *Água q.b. *Pau de canela e anis *2 c. sopa de amêndoas laminadas *1 c. sopa de rascas de coco desidratado *1 punhado de miolo de nozes
Preparação *Pré-aqueça o forno a 200ºC e lave as maçãs e retire o caroço. Num tabuleiro coloque as maças e um pouco de água no fundo. Deite o fio de mel por cima das maçãs e coloque no centro um pau de canela e anis, leve ao forno por 30 min. *Misture as amêndoas, o coco e as nozes no taça, depois de prontas, reduza uma maça a puré e envolva com a mistura anterior. *Recheie cada maçã com…

Um presente de Natal #O Pai-Natal chegou mais cedo

Olá papás! Hoje recordamos mais uma receita do blog. A fruta mais uma vez presente, como já tinha dito vamos enriquecer a nossa mesa com sobremesas saudáveis.
Não é nada difícil!
Pai-Natal de Morango
(a partir dos 9 meses)

p.s. para o creme basta adicionar o iogurte ao queijo aos poucos até conseguir uma consistência de chantili ;)
Beijinhos da Cláudia e da Clarinha 

O Crescimento e o Percentil

Olá mamãs e papás!
Nós papás já ouvimos falar variadíssimas vezes sobre o Percentil (P) do nosso filho, mas será que entendemos o seu significado? No boletim de saúde infantil e juvenil encontrámos uns gráficos de cor azul ou rosa dependendo do género do nosso bebé, estes chamam-se curvas de crescimento infantil e são um indicador importante para acompanhar a evolução do peso e do comprimento do nosso bebé.
Durante os primeiros 12 meses de vida o bebé, em média, triplica o seu peso e o seu comprimento aumenta para o dobro, relativamente ao seu nascimento.
Desde 2013 que Portugal adoptou as recentes curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais próximas da realidade da nossa população.
No boletim de saúde infantil e juvenil, na página 8, temos o gráfico abaixo. No eixo/linha horizontal temos a idade em meses e anos e no eixo/linha vertical temos o peso em quilogramas. As linhas curvas indicam o P, no final de cada uma há um número que o enumera, de baixo para cima,…