Avançar para o conteúdo principal

Pózinhos Mágicos

"Vamos tirar o sal da nossa alimentação porque faz mal!" sim, é um dos passos para uma alimentação mais equilibrada... nós não precisamos de adicionar sal aos alimentos, porque em natureza eles já têm o sódio que nós precisamos diariamente.

"Mas não conseguimos comer comida sem sabor!" isso não precisa de acontecer quando podemos usar ervas aromáticas e especiarias... e os bebés também podem comer? quando? 

Relativamente a algumas ervas aromáticas os bebés podem comer logo a partir dos 5-6 meses de idade, na sopa como um legume, por exemplo.

Já sobre as especiarias não há consenso... 6 meses... só depois dos 12 meses... várias são as opiniões.
Vamos lá falar um bocadinho sobre esses pozinhos mágicos.

Em muitos países, os bebés não começam pela sopinha só de legumes, sem nenhum tempero ou pelo arroz branquinho, por exemplo na Índia, adicionam o caril desde de cedo à papinha do bebé... e claro! não nos vamos esquecer que se o nosso bebé for amamentado ele já está a experimentar ervas e especiarias, porque os sabores são transferidos para o leite...

Então como decidimos? Eu aponto para os 8 meses de idade, mas ATENÇÃO só depois do bebé já estar familiarizado com o sabor dos alimentos em natureza, depois podemos acrescentar uma especiaria como um alimento novo... seguindo a regra dos 3 dias. lembram-se? devemos esperar esses dias até inserir um alimento novo para verificar se o bebé não faz alergia!

E quais podemos usar? aqui deixo-vos alguns exemplos:

*usar quantidades pequenas, devido ao sabor intenso

Atenção! ao usar o caril em pó ou mesmo a pimenta em pó alguns componentes podem originar erupção cutânea, é necessário estarmos atentas e comprar especiarias de confiança.
Além disso, as ervas e especiarias devem ser cozinhadas com os alimentos de forma a permitir a eliminação de microrganismos.

Bónus! ao introduzir as ervas e especiarias desde cedo um dia vai pensar: "Que máximo, ainda não usamos sal ou açúcar nos alimentos do nosso filho!"

A Clarinha já experimentou a canela na maçã cozida :D e aceitou muito bem!


beijinhos da Cláudia e da Clarinha

Comentários

mensagens mais lidas

voltamos de cara lavada!

Olá mamãs e papás!

voltamos da nossa pausa um quanto longa, deu algum trabalho, ainda faltam 2 ou 3 acertos mas vale tão a pena, ver o nosso bebé mais novo de cara lavada e como novo!



mamãs e papás que ainda não nos conhecem, eu sou a Cláudia, mãe, nutricionista e com algum jeito com as mãos, adoro cozinhar e adoro comida. vão ver muitas receitas saudáveis mas cá em casa não prendo a nossa alimentação ao lema "super saudável", comer de tudo com moderação é a base da nossa alimentação. também adoro pôr mãos à obra, por isso vão ver também algumas dicas e projetos por aí! mas antes de tudo isso a família, sempre em primeiro lugar, dar a conhecer o mundo à Clarinha e aproveitar para estarmos juntos! 
se não nos virem muitas vezes é porque estamos a ser felizes!
beijinhos da Cláudia e da Clarinha

sorvete de manga e laranja #adeus verão

Olá mamãs e papás!
Hoje é o último dia de verão, mas parece-me que o São Pedro já o queria levar há pelo menos 15 dias. O nosso verão foi bem aproveitado muita praia, convívio com amigos e algum descanso (com filhos pequenos o descanso nunca é muito).
Mas só porque o calor está a ir embora não quer dizer que deixemos já aqueles alimentos típicos da estação... ai os gelados!!! Ai, ai!!!
Mas este sorvete de fruta é super saudável e uma óptima opção para sobremesa ou até pequeno-almoço se o frio deixar...
Para o sorvete vão precisar de laranja e manga... mãos à obra!

Ingredientes: *1 manga *2 laranja
Preparação: Comece por cortar a fruta em pedaços

Com a ajuda do robot de cozinha triture as frutas, deixe alguns pedaços fica delicioso!

Depois é só colocar em forminhas para gelados ou até aqueles copos de plástico para o café e espetar uma colher também de café.

Leve ao congelador por pelo menos 2 horas.

Bom apetite!
Beijinhos da Cláudia e da Clarinha e bfds

Magical Unicorn Party #3 O Bolo!

Olá mamãs e papás!
Depois de uma tragédia que nos abalou a todos e de contribuirmos como podemos, seja em pensamento, monetariamente, voluntariado, como não importa, apenas que todas as vítimas estão no nosso pensamento e cada um ajuda como pode e deseja. Gostaria ainda de enviar os meus sinceros sentimentos a todos os familiares das vítimas e desejar-lhes muita força neste momento tão difícil.