12 de março de 2015

10 meses... o que muda? as leguminosas e a soja...

Olá mamãs e papás!

Aos 10 meses a alimentação dos nossos pequenos está cada vez mais próxima da nossa... já falei aqui dos legumes crus, como uma saladinha de alface ou pepino, mas não se esqueçam que têm de ser bem lavados!

Hoje vou falar-vos das leguminosas... são muitas e coloridas! Existe uma grande variedade de leguminosas e podemos colocá-las na sopa ou simplesmente num pratinho... a Clarinha já experimentou as duas versões, gostou das ervilhas na sopa, mas vê-la a comer à mão cada uma daquelas ervilhinhas, usando os seus deditos delicados é um momento a recordar!


Deixo-vos a sopinha com ervilhas, um creme de cenoura com bolinhas verdes! Na panela a vapor, deixo todos os ingredientes cozerem com o vapor e cozo as ervilhas na água a ferver debaixo, assim fica mais simples cozinhar :D

As leguminosas têm na sua composição vários nutrientes: proteínas, hidratos de carbono, vitaminas e minerais, mas também fibra, o que dificulta a digestão pelos nossos bebés, tal não quer dizer que não podem introduzir na sua alimentação... basta ter alguns cuidados... dar pequenas quantidades e poucas vezes por semana (uma a duas vezes).

Agora vamos falar um pouco da soja e seus derivados (tofu e tempeh) que muitos adultos já os usam como substitutos da carne. Já na alimentação dos mais pequeninos não defendo que seja um bom substituto. A carne na alimentação dos bebés é uma fonte de proteína, mas também de ferro, este ferro é facilmente absorvido pelo organismo dos pequenos, ao contrário do ferro presente na soja e nas leguminosas.

Assim, podemos introduzir a soja e derivados na alimentação dos bebés a partir dos 10 meses, mas não como substituto da carne e sim como uma leguminosa... e lembrem-se que tal como mencionei acima, a soja também é de difícil digestibilidade, logo dar poucas vezes e em pequenas quantidades... estando sempre atentos à reação do vosso filhote!

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

Sem comentários:

Enviar um comentário