Avançar para o conteúdo principal

A alimentação do bebé começa na barriga da mãe!


Uma alimentação saudável é essencial mesmo antes da concepção do bebé, mas torna-se crucial durante a gravidez para o perfeito desenvolvimento do feto. Afinal o bebé alimenta-se através da mãe!

Durante os nove meses a mulher aumenta gradualmente as suas necessidades nutricionais, mas durante o primeiro trimestre a ingestão alimentar deve permanecer igual ao período antes de engravidar. No caso de praticar uma alimentação pouco saudável, as alterações devem ser iniciadas logo no início da gravidez.

A partir do segundo trimestre as necessidades começam a aumentar e neste momento as recomendações são:
  • 3 porções* de lacticínios 
  • 5 porções de carnes, pescado e ovos 
  • 2 porções de leguminosas 
  • 7 porções de cereais e derivados, tubérculos 
  • 3 porções de hortícolas 
  • 3 porções de fruta 
  • 3 porções de gorduras e óleos insaturados 
  • 8-10 copos de água


É importante mencionar que no grupo carne, pescado e ovos as mamãs devem dar preferência às carnes brancas e não devem esquecer de comer peixe gordo, como a sardinha. No grupo dos cereais e derivados devem optar pelos integrais. Quanto aos hortofrutícolas devem comer diariamente fruta rica em vitamina C, como o kiwi e os citrinos, alimentos ricos em ácido fólico, como os vegetais de folhas verdes, e alimentos ricos em beta-caroteno (vitamina A), como vegetais e frutas amarelo-alaranjados. 

No terceiro trimestre, o crescimento do feto vai aumentar bastante, aqui o consumo de fruta pode aumentar para cinco peças, assim como dos hortícolas.

O essencial é aproveitar a gravidez, mas não deve comer por dois mas para dois!

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha


Comentários

mensagens mais lidas

o bolo de aniversário para a escola #aclarinhafez4anos

Olá mamãs e papás!
Foi uma semana em grande cheia de festas e preparativos. E tal como nos casamentos, tanta preparação e passou tão rápido, mas aproveitamos e isso é o mais importante!!! A Clarinha estava super contente, mostrava a sua mãozinha com os 4 dedinhos sem sequer perguntarem... felicidade... tudo o que queremos ver nos olhos dos nossos pequenos, certo?
Para a escola, decidi fazer o bolo em casa, adoro por as mãos na massa e criar o melhor bolo possível. A Clarinha fez um único pedido, ser cor-de-rosa! Lá foi a mãe experimentar e na minha opinião estava lindo e divertido, mas acima de tudo saudável!!! Escolhemos o tema das bailarinas, os tutus rodopiam cá em casa nos últimos tempos...

Sem açúcar refinado, sem gorduras saturas e por acaso sem laticínios. Como sabem não retiro o leite da nossa alimentação mas para a cobertura optamos por uma solução vegetal...
O ano passado a fruta que escolhemos para o bolo foi o abacaxi, este ano escolhemos os morangos, adoramos, e nestas u…

a Festa Junina da Clarinha #aclarinhafez4anos

Olá mamãs e papás!
Gostaram da festinha na escola? Agora a festança cá em casa!!!! ahahah Normalmente, escolhemos temas bem fofinhos, este ano foi um pouco diferente. Foi o aniversário da Clarinha, os meus trinta e para incluir o papá na festa trouxemos um pouco do Brasil até cá a casa... Escolhemos a Festa Junina como tema, alguns doces tradicionais brasileiros e muitos amigos!!!

Brigadeiros, beijinhos, paçoca, pé de moleque, pipoca, bala de coco... tudo feito pela mamã. Para quem não tem sangue brasileiro até correu bem... deve ser de estar no coração...

Um bolinho para cada uma... fruta e cupcakes de chocolate... uma mesa de doces simples mas bem colorida como uma festa junina deve ser...

Os cupcakes de chocolate com a mesma massa e cobertura do bolo de chocolate... para facilitar!


A fruta preferida da Clarinha em copinhos a condizer. Bem colorido!!!


Paçoca e pé de moleque ou de moça, optei pela receita com leite condensado por isso acho que é pé de moça... mamãs brasileiras o que…

os presentinhos para os amigos da escola #aclarinhafez4anos

Olá mamãs e papás!
Pais com os filhos na escola, quantas vezes trazem para casa sacos de guloseimas? Se em cada sala têm cerca de 24 alunos, provavelmente, serão 24 sacos de doces que vão trazer para casa ao longo do ano escolar, 10 meses. Assim divido serão 2 saquinhos por mês, mais coisa menos coisa, na opinião de alguns pais será pouco, para outros já é muito!!!
Cada pai age da maneira que escolhe e não pudemos julgar mas podemos ajudar! Eu não proíbo a Clara de comer os doces que são oferecidos pelos amiguinhos, acho que seria muito difícil porque ela já vêm com eles na mão ou na mochila e sabe muito bem o que será! 
Se fossem apenas dois aniversários por mês até seria aceitável, no entanto não é bem assim, ainda hoje teve dois aniversários na escola, comeu bolo no lanche da manhã e novamente no primeiro lanche da tarde e depois vieram as lembranças. Uma delas uma caixa cheia de doces e a outra uma caixa de plasticina vermelha! Yupi! Obrigada ao pais que têm consciência e começam…