Avançar para o conteúdo principal

Dica: Fórmulas infantis #a nossa escolha

Olá mamãs e papás!

Já algumas vezes falei aqui sobre a importância do leite materno e que este deve ser sempre a primeira escolha, quando possível, trazendo benefícios para o pequeno rebento mas também para a mamã!

No entanto, na ausência ou insuficiência de leite materno, passamos à segunda escolha... a fórmula infantil!

As fórmulas para lactentes e de transição (1 e 2) estão legisladas quanto à sua composição e quantidades dos ingredientes, uma vez que devem conter ingredientes em certas quantidades que tenham como objetivo nutrir ou outros com benefícios para a saúde do bebé comprovados. Estas fórmulas infantis são substitutas do leite materno e são nutricionalmente seguras, embora não assegurem todos os benefícios do leite da mamã.

Vamos lá, então, escolher...

Primeira "regra": para um bebé saudável, de termo e sem história familiar de atopia, a escolha passa pelas formulas standard, e depois se necessário optamos pelas fórmulas especiais...

Segundo: se o bebé tiver menos de 6 meses de idade devemos optar por uma fórmula para lactentes, as número 1, pois estão indicadas para bebés até essa idade. Depois dos 6 meses, ao iniciar a diversificação alimentar, optamos por uma fórmula de transição, as número 2. Estas últimas podem ser usadas até as 12-24 meses, podendo prolongar-se até aos 36 meses.

a nossa escolha...


Os leites da Holle, porque além da sua segurança nutricional, é uma fórmula elaborada a partir de 99% de ingredientes produzidos em modo biológico, tornando-o num leite seguro e saudável.

E os leites da Nestlé que se destacam pela sua qualidade proteica: "uma mistura proteica adaptada para fornecer a quantidade certa de proteínas necessárias ao crescimento do bebé sem sobrecarregar os órgãos ainda imaturos", mas também pela presença de ácidos gordos (DHA e ARA) presentes no leite materno.

Terceiro: embora o leite de vaca possa ser introduzido a partir dos 12 meses, a WHO recomenda a sua introdução só após os 3 anos de idade. O que nos leva a outra questão: aos 2 anos posso/devo então optar pelo leite de crescimento?
     
-Na minha opinião, se pretendem optar por um leite líquido, não optem por um leite de crescimento...
*têm mais calorias que o leite de vaca meio gordo,
*têm açúcar adicionado, podendo dificultar o gosto pelo sabor natural dos alimentos
*podem conter aromas artificiais (aditivos),
*e apenas as crianças com falta de apetite podem beneficiar com estes leites.

... escolham o leite de vaca meio gordo!

São da mesma opinião?

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

p.s. papás de Paredes e arredores podem encontrar os leites e papas da Holle nos Intermarché de Penafiel e Paredes, na sua  parafarmácia ;)

Comentários

mensagens mais lidas

o bolo de aniversário para a escola #aclarinhafez4anos

Olá mamãs e papás!
Foi uma semana em grande cheia de festas e preparativos. E tal como nos casamentos, tanta preparação e passou tão rápido, mas aproveitamos e isso é o mais importante!!! A Clarinha estava super contente, mostrava a sua mãozinha com os 4 dedinhos sem sequer perguntarem... felicidade... tudo o que queremos ver nos olhos dos nossos pequenos, certo?
Para a escola, decidi fazer o bolo em casa, adoro por as mãos na massa e criar o melhor bolo possível. A Clarinha fez um único pedido, ser cor-de-rosa! Lá foi a mãe experimentar e na minha opinião estava lindo e divertido, mas acima de tudo saudável!!! Escolhemos o tema das bailarinas, os tutus rodopiam cá em casa nos últimos tempos...

Sem açúcar refinado, sem gorduras saturas e por acaso sem laticínios. Como sabem não retiro o leite da nossa alimentação mas para a cobertura optamos por uma solução vegetal...
O ano passado a fruta que escolhemos para o bolo foi o abacaxi, este ano escolhemos os morangos, adoramos, e nestas u…

a Festa Junina da Clarinha #aclarinhafez4anos

Olá mamãs e papás!
Gostaram da festinha na escola? Agora a festança cá em casa!!!! ahahah Normalmente, escolhemos temas bem fofinhos, este ano foi um pouco diferente. Foi o aniversário da Clarinha, os meus trinta e para incluir o papá na festa trouxemos um pouco do Brasil até cá a casa... Escolhemos a Festa Junina como tema, alguns doces tradicionais brasileiros e muitos amigos!!!

Brigadeiros, beijinhos, paçoca, pé de moleque, pipoca, bala de coco... tudo feito pela mamã. Para quem não tem sangue brasileiro até correu bem... deve ser de estar no coração...

Um bolinho para cada uma... fruta e cupcakes de chocolate... uma mesa de doces simples mas bem colorida como uma festa junina deve ser...

Os cupcakes de chocolate com a mesma massa e cobertura do bolo de chocolate... para facilitar!


A fruta preferida da Clarinha em copinhos a condizer. Bem colorido!!!


Paçoca e pé de moleque ou de moça, optei pela receita com leite condensado por isso acho que é pé de moça... mamãs brasileiras o que…

os presentinhos para os amigos da escola #aclarinhafez4anos

Olá mamãs e papás!
Pais com os filhos na escola, quantas vezes trazem para casa sacos de guloseimas? Se em cada sala têm cerca de 24 alunos, provavelmente, serão 24 sacos de doces que vão trazer para casa ao longo do ano escolar, 10 meses. Assim divido serão 2 saquinhos por mês, mais coisa menos coisa, na opinião de alguns pais será pouco, para outros já é muito!!!
Cada pai age da maneira que escolhe e não pudemos julgar mas podemos ajudar! Eu não proíbo a Clara de comer os doces que são oferecidos pelos amiguinhos, acho que seria muito difícil porque ela já vêm com eles na mão ou na mochila e sabe muito bem o que será! 
Se fossem apenas dois aniversários por mês até seria aceitável, no entanto não é bem assim, ainda hoje teve dois aniversários na escola, comeu bolo no lanche da manhã e novamente no primeiro lanche da tarde e depois vieram as lembranças. Uma delas uma caixa cheia de doces e a outra uma caixa de plasticina vermelha! Yupi! Obrigada ao pais que têm consciência e começam…